Imagem por: IMAGEM ILUSTRATIVA

A Polícia Militar de Apucarana atendeu, na tarde de quarta-feira (05), uma ocorrência de estelionato no Núcleo Habitacional Castelo Branco. A vítima, relatou que recebeu uma mensagem via WhatsApp de um número se passando por um funcionário do banco Itaú. O golpista alegou que alguém havia feito compras com o cartão dela em uma loja de departamentos em Apucarana e que iria ajudá-la a proteger suas contas bancárias de possíveis fraudes.

Durante a conversa, o suposto funcionário pediu para vítima digitar as senhas de suas contas bancárias do Bradesco e Itaú no aparelho celular. Após quase duas horas de ligação, Maria percebeu que R$ 7 mil haviam sido transferidos de sua conta Bradesco para a conta de uma outra pessoa.

Ao perceber o golpe, Maria imediatamente bloqueou sua conta do Itaú e se preparava para bloquear a conta do Bradesco. A equipe da Polícia Militar registrou a ocorrência e encaminhou o caso para a Delegacia de Polícia Civil de Apucarana para as devidas providências.

ALERTA
A Polícia Militar alerta a população sobre os cuidados ao receber mensagens ou ligações suspeitas, especialmente aquelas que solicitam informações bancárias ou senhas. É fundamental não compartilhar dados pessoais e entrar em contato diretamente com a instituição bancária em caso de dúvida.

Para denúncias ou informações, entre em contato com a Polícia Militar ou a Delegacia de Polícia Civil de Apucarana.

A PM reforça a importância de estar atento a possíveis golpes e fraudes, preservando a segurança e os dados pessoais dos cidadãos.

Siga-nos nas redes sociais:

Compartilhe: