O Governo do Estado do Paraná anunciou o início da emissão da nova Carteira de Identidade Nacional (CIN) nesta semana, marcando uma transição significativa no documento de identificação civil. O novo modelo visa aprimorar a segurança, eliminar a multiplicidade de registros e introduzir um padrão único, utilizando o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) como identificador exclusivo.

A substituição do antigo Registro Geral (RG) pelo CPF tem como objetivo coibir a possibilidade de fraudes, uma vez que cada cidadão brasileiro poderia possuir até 27 RGs diferentes, um para cada unidade da federação. A mudança, que já está em vigor, será obrigatória a partir de 2032, quando o modelo antigo deixará de ser aceito.

A CIN possui validade de 10 anos e está disponível em duas versões: impressa e digital, esta última acessível por meio do aplicativo gov.br. A iniciativa proporciona maior comodidade aos cidadãos e moderniza o processo de identificação.

Como solicitar a nova Carteira de Identidade no Paraná:

Agendamento Presencial: Cidadãos que não possuem RG no Paraná devem realizar o agendamento para atendimento presencial através do site da Polícia Civil.

Emissão Online: Aqueles que já possuem o documento, mas desejam aderir à nova carteira de identidade, podem fazer a solicitação também pelo site da Polícia Civil.
Gratuidade na Primeira Emissão:

A primeira emissão da nova Carteira de Identidade é gratuita.
Segunda Via: Para a segunda via, o custo é de R$ 44,92.
A Polícia Civil destaca que, a partir de agora, todos os documentos de identidade emitidos no estado seguirão o novo modelo. A iniciativa visa proporcionar mais segurança à população, simplificar o processo de emissão e contribuir para a redução de fraudes.

Com a introdução da Carteira de Identidade Nacional, o Paraná está alinhado com as medidas de modernização e segurança no âmbito dos documentos de identificação civil, acompanhando a tendência nacional de adoção do CPF como principal número identificador.

Siga-nos nas redes sociais:

Compartilhe: